Motor

Hyundai se junta a Chevrolet e Toyota e não estará no Salão de SP 2020

Fabricante, terceira em vendas no Brasil, também desiste do evento paulistano

Conceito Saga EV antecipou o visual do novo HB20 no Salão de 2018

Conceito Saga EV antecipou o visual do novo HB20 no Salão de 2018 (Renato Pizzutto/Quatro Rodas)

A Hyundai Motor Brasil confirmou, nesta terça-feira, que não participará da edição 2020 do Salão do Automóvel de São Paulo.

A fabricante é a terceira na lista das 10 marcas de carrro mais vendidas do País a desistir do certame.

“A estratégia global da Hyundai vem valorizando, desde o ano passado, eventos com formatos diferenciados e foco maior no ser humano, proporcionando um engajamento mais exclusivo com seus clientes e públicos interessados. Avaliamos bastante a situação aqui no Brasil e decidimos substituir a participação no Salão do Automóvel por outras atividades mais exclusivas ao longo do ano”, disse Angel Martinez, vice-presidente comercial da Hyundai Motor Brasil.

Nova geração do Pajero Sport foi apresentada no Brasil pela primeira vez no Salão de 2018

Nova geração do Pajero Sport foi apresentada no Brasil pela primeira vez no Salão de 2018 (Renato Pizzutto/Quatro Rodas)

Ainda nesta terça-feira, a HPE Autos, representante das japonesas Mitsubishi e Suzuki no Brasil, anunciou que suas duas marcas não estarão no evento. Contudo, negociações com a organizadora do evento pode levar a empresa a rever a decisão.

As fabricantes japonesas e sul-coreana se juntam a Chevrolet, Toyota (além da subsidiária Lexus) e BMW (e a subsidiária Mini). PSA (Peugeot e Citroën), Jaguar Land Rover, JAC e Volvo, que não estiveram na edição 2018, reforçaram que não estarão na edição 2020. 

Vai indo que eu já vou

QUATRO RODAS consultou que o grupo FCA (marcas Fiat, Jeep, Ram e Dodge) manterá sua participação, assim como Volkswagen e Nissan.

Caso curioso é o da Ford. Oficialmente, a marca americana reafirma sua participação. Nos bastidores, porém, apuramos que desde a saída da Chevrolet seus executivos passaram a reavaliar a decisão.

A Renault, outra inicialmente confirmada, também teria se balançado e pode renegociar sua participação. Oficialmente, porém, a marca francesa também afirma que, por enquanto, sua presença está mantida. A Kia Motors é outra que vai pelo mesmo caminho.

Outras marcas que seguem sem estar confirmadas são: Audi, Hyundai-CAOA, Caoa Chery, Honda, Mercedes-Benz, Porsche e marcas de luxo representadas pela Via Italia (Ferrari, Lamborghini, Maserati e Rolls Royce).

Fonte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *