Fatos Fatos famosos Fatos recentes

Palmeiras dá bobeira e só empata com o Sport no Allianz Parque – 13/09/2020 – Esporte

O Palmeiras recebeu neste domingo (13) o Sport, no Allianz Parque, pelo Brasileirão, não conseguiu fazer a prelecção de lar e ficou unicamente no empate por 2 a 2. O resultado impediu que os comandados de Vanderlei Luxemburgo assumissem a vice-liderança da competição e ficassem a unicamente um ponto do Inter, que acabou derrotado pelo Goiás na rodada.

Agora o time de Luxa soma 17 pontos e ocupa a sexta posição. O Sport, por sua vez, chegou aos 11.

Em lar, o Verdão iniciou colocando pressão nos pernambucanos e com cinco minutos conseguiu realizar duas boas jogadas. Em um dos lances, Mayke foi até a traço de fundo, porém, não mostrou precisão no interceptação. Em outro, Lucas Lima serviu Willian, que, livre, obrigou o goleiro do Sport a realizar boa resguardo.

Aos poucos, mas, o time pernambucano se ajeitou em campo. Com uma traço de cinco no meio campo e só Hernane avançado, os visitantes logo mostraram que montariam um ferrolho para dificultar as ações do time alviverde e explorar os contragolpes na saída em velocidade.

Aos dez minutos em uma das escapulidas para o ataque, Sander foi à traço de fundo e cruzou. Patric, que fechava na segunda trave, foi empurrado por Wesley. Pênalti. Iago Maidana cobrou e converteu.

O tento parecia que complicaria a vida alviverde, mas aos 28 minutos, Sander deu um presente para os mandantes: tentou recuar a globo para Luan Polli, mas deu um passe limitado e entregou a globo nos pés de Willian. O atacante palmeirense fintou o goleiro opoente e deixou tudo igual.

Pouco ameaçado na partida, o Palmeiras passou a aventurar em chutes de fora da extensão. No primeiro, Viña obrigou Luan Polli a espalmar. No segundo, Zé Rafael bateu no ângulo esquerdo do goleiro e marcou garantiu a viradela.

Sander ainda complicou ainda mais a vida do time visitante ao dar ingressão violenta em Wesley e ser expulso no final da primeira lanço.

Na volta do segundo tempo, o técnico Vanderlei Luxemburgo, do Palmeiras, ainda voltou com os garotos Gabriel Veron e Danilo nos lugares de Wesley e Ramires, respectivamente. E logo aos dois minutos, Veron colocou Willian na rostro do gol. Porém o atacante finalizou para fora.

O que parecia que seria passeio ganhou contornos de drama depois vacilo de Zé Rafael. O meio-campista recebeu dois cartões amarelos em questão de cinco minutos depois interromper dois contra-ataques do opoente e acabou sendo expulso da partida.

Foi o suficiente para o Sport se encorajar e partir mais uma vez para o ataque. Com passe de Rogério, Lucas Mugni deu lindo drible em Luan e finalizou com precisão para igualar a partida mais uma vez.

Depois o gol de paridade, o time comandado por Jair Ventura voltou a se fechar e passou a jogar detrás da traço da globo. O Palmeiras, por sua vez, ficou com a globo, mas trocou muito passes entre zagueiros e volantes mostrando dificuldade em conseguir furar a resguardo adversária outra vez.

A melhor chance veio nos acréscimos, com Willian. O atacante foi lançado em profundidade, limpou o goleiro e rolou para o meio. Gabriel Veron não acompanhou e os paulistas perderam a chance da vitória.

Natividade

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *