Fatos Fatos famosos Fatos recentes

Equador massacra Colômbia, ganha 3ª seguida e se firma no G4 das Eliminatórias

A seleção equatoriana é a surpresa das Eliminatórias Sul-Americanas para a Despensa de 2022. Com futebol envolvente, velocidade e força nos contragolpes, massacrou a Colômbia, por 6 a 1, em Quito, chegando à terceira vitória seguida e se consolidando na zona de classificação ao Procurar.

São impressionantes 13 gols marcados nas três vitórias consecutivas. Quatro no possante Uruguai e agora mais seis diante da não menos temida Colômbia. Todos atuando em mansão. Os outros três foram na altitude da Bolívia, onde não é fácil lucrar. Assim, soma 9 pontos em 4 jogos.

Sem espaço no São Paulo, no qual virou suplente, Arboleda foi um dos destaques ao mostrar que é bastante útil para a seleção equatoriana. O padroeiro abriu a goleada logo no primícias do jogo, ainda participou do quarto gol e marcou o sexto.

O padroeiro aproveitou uma esfera mal afastada que voltou para a extensão e girou do pé esquerdo para fazer 1 a 0 em Quito, com somente seis minutos. Não deu nem tempo para os colombianos assimilarem o baque e lá estava Mena comemorando outro gol.

Lançamento longo que o atacante mostrou calma para fazer belo domínio e desancar disposto no quina. Com 9 minutos a Colômbia caminhava para a segunda itinerário seguida nas Eliminatórias. Depois de levar de 3 a 0 do Uruguai em mansão, na rodada passada, trespassar perdendo por 2 a 0 com menos de 10 minutos estava fora dos planos do técnico português Carlos Queiroz.

Sem saída, a Colômbia precisava diminuir o placar e se lançou toda ao ataque. Exposta, acabou deixando muito espaço detrás. Com o Equador inspirado, uma postura suicida. Em novo contragolpe preciso, Estrada recebeu o interceptação e só escorou para o gol vazio, aos 32.

Seis minutos mais tarde, Arboleda voltou a mostrar boa presença de extensão. Recebeu o interceptação e cabeceou para Arreaga inscrever o quarto dos equatorianos. Era uma lição de futebol para cima da seleção colombiana. James Rodríguez, de pênalti, diminuiu o vexame no minuto final do primeiro tempo.

Mesmo tirando o pé do acelerador na lanço final, os equatorianos foram os únicos a marcar. Em ração dupla. Aos 33, Gonzalo Plaza aumentou a surra histórica. Dois minutos mais tarde seria expulso pelo segundo amarelo.

Nem com um varão a mais em campo a Colômbia conseguiu diminuir o marcador. Pior, ainda viu Arboleda inscrever o sexto nos acréscimos. Os colombianos somaram a segunda itinerário seguida, com nove gols sofridos, e ficaram para trás na classificação. Depois quatro rodadas, hoje estaria fora da Despensa do Procurar com os quatro pontos somados. O Equador, com nove pontos e futebol vistoso, mostra que é possante concorrente a uma das vagas.

Veja também

+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida gratuito e vai presa
+ MasterChef: Fogaça compara prato com comida de cachorro
+ Zona Azul do dedo em SP muda dia 16; veja porquê fica
+ Veja os carros mais vendidos em outubro
+ Baleia jubarte quase engole duas mulheres em caiaque; veja o vídeo
+ Conheça o phloeodes diabolicus “o besouro indestrutível”
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ 10 coisas que os pais fazem em público que envergonham os filhos

+ Eructar muito pode ser qualquer problema de saúde?
+ Tubarão é tomado no MA com sobras de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Invenção oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel



Manancial

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *