Fatos Fatos famosos Fatos recentes

Crédito de serviços sobe 2,9 pontos em setembro perante agosto, afirma FGV

O Índice de Crédito de Serviços (ICS) subiu 2,9 pontos na passagem de agosto para setembro, na série com ajuste sazonal, alcançando 87,9 pontos, informou a Instauração Getulio Vargas (FGV) nesta terça-feira.

Posteriormente cinco meses consecutivos de altas, o índice ainda permanece inferior do nível de fevereiro, no pré-pandemia, quando estava em 94,4 pontos. Em médias móveis trimestrais, o ICS subiu 5,4 pontos em setembro.

“Em setembro, a crédito do setor de serviços mantém sua trajetória ascendente, mas ainda em ritmo desigual entre os segmentos e encontra-se em patamar inferior do período pré-pandemia”, avaliou Rodolpho Tobler, economista do Instituto Brasiliano de Economia da FGV (Ibre/FGV), em nota solene.

Em setembro, houve melhora em 11 dos 13 subsetores pesquisados. O Índice de Situação Atual (ISA-S) teve ligeira subida de 0,1 ponto, para 76,9 pontos, ainda inferior do nível pré-pandemia. Já o Índice de Expectativas (IE-S) cresceu 5,4 pontos, para 98,9 pontos, igualando-se ao nível de fevereiro.

“Houve posição nos indicadores que medem a situação atual, sugerindo que não há modificação no ritmo de demanda por serviços no mês, somente aumento das expectativas. Para os próximos meses, o cenário de recuperação deve ser mantido, mas ainda há muita incerteza na sustentabilidade dessa retomada, principalmente pela cautela dos consumidores, piora do mercado de trabalho e proximidade do término dos programas de auxílio do Governo”, completou Tobler.

O Nível de Utilização da Capacidade Instalada (Nuci) do setor de serviços ficou firme em 81,8% em setembro, mesmo resultado de agosto.

No terceiro trimestre, o Índice de Crédito de Serviços registrou aumento de 22,9 pontos, recuperando 76,2% da perda de 30 pontos registrada no trimestre anterior. Entre os principais segmentos analisados, os serviços de Transportes se destacaram, com uma retomada no terceiro trimestre de 89,0% da crédito perdida no segundo trimestre. Por outro lado, os serviços prestados às famílias conseguiram restaurar somente 47,5% da crédito perdida.

A coleta de dados para a edição de setembro da Sondagem de Serviços foi realizada pela FGV com 1.562 empresas entre os dias 1º e 25 do mês.

Veja também

+Posteriormente permanecer internada, mulher descobre traição da mãe com seu marido: ‘Agora estão casados’

+ Jovem é suspeita de matar namorado com agulha de narguilé durante bulha por pastel

+ MasterChef: mesmo desempregado, vencedor decide doar prêmio

+ Tubarão é conquistado no MA com sobras de jovens desaparecidos no estômago

+ 12 razões que podem fazer você menstruar duas vezes no mês

+ Arqueólogo leva 36 anos para montar maquete precisa da Roma Antiga

+ Por que não consigo emagrecer? 7 possíveis razões

+ Eructar muito pode ser qualquer problema de saúde?

+ Educar é mais importante do que colecionar

+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea



Nascente

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *