Fatos Fatos famosos Fatos recentes

Com batidas de cabeças, GloboNews liderou eleições na TV paga; CNN Brasil bateu recordes

A Globonews se esforçou para mostrar serviço e botou um grande time de comentaristas para tratar da cobertura da votação e da apuração nas eleições deste domingo (15). Mas não escapou de críticas severas no Twitter e não foi do pessoal da hashtag #Globolixo, longe disso. Sobraram comentaristas na tela e faltou repertório a Heraldo Pereira, apresentador que se repetia entre invocar “o time da estudo”, “o time da informação”, “a marcha da apuração” e pedir pela “sua estudo”. O contraste entre sua performance e a de Nilson Klava, a quem alguns tuiteiros enxergaram ser tratado pelo apresentador uma vez que se fosse um estagiário, foi tema com endosso até entre fãs do conduto.

Durante a apuração dos votos que definiram o resultado do primeiro vez, a relatar das 17h de domingo (15), à 1h de segunda-feira (16), o conduto obteve 23% a mais que a soma de seus concorrentes no segmento de notícias (CNN Brasil, Band News e Record News na TV paga) no PNT (Tela Pátrio de TV), que soma as 15 regiões metropolitanas de maior consumo do país..

Na verificação com a CNN Brasil, a GloboNews teve um desempenho 88% superior em contexto vernáculo. Entre 18h e 19h, pico da expectativa por qualquer resultado mais consolidado em várias cidades do país, o conduto teve média de quase meio milhão de pessoas acompanhando a programação (462.880).

Mas a CNN Brasil não fez mal-parecido, não. A cobertura das eleições municipais rendeu ao conduto os maiores números de audiência já alcançados nas noites de domingo desde a sua estreia, há oito meses. Daniela Lima e Márcio Gomes, justamente um rosto famoso por seus 23 anos de Orbe, formaram boa dobradinha na apresentação das informações.

Na Grande São Paulo, onde tem melhor performance, o novo conduto de notícias voltou a se aproximar do veterano na fita entre 18h e meia-noite, com 1,6 ponto de média, perante 2,3 pontos da concorrente, segundo dados da Kantar Ibope Media.

No aglomerado do domingo, ao longo de todo o dia, ainda em São Paulo, a CNN abocanhou 6 horas e 56 minutos não consecutivos avante da Orbe News.

No Tela Pátrio de Televisão (PNT), a CNN também alcançou seu melhor desempenho desde a estreia nas noites de domingo: no totalidade, ao longo do dia, foram 1 hora e 37 minutos na frente da Orbe News.

REPERTÓRIO

No Twitter, rede social que responde prontamente à televisão em razão do feed em tempo real, Heraldo Pereira, quase sempre muito estimado, teve o seu dia de repudiação. Houve meme mostrando quantas vezes ele falou em “marcha da apuração”, “time da estudo”, “time da informação” e também sobre as interrupções aos relatos do jornalista Nilson Klava, que trabalhou muito na prelecção de lar e analisou os dados com propriedade.

“Heraldo Pereira tratando o Nilson Klava uma vez que um estagiário imberbe recém-contratado”, disse um tuiteiro. Outros apontaram que Heraldo estava mal pronto para a cobertura. Confira inferior algumas críticas:

 

Curta nossa página no Facebook e siga-nos no Twitter



Natividade

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *