Fatos Fatos famosos Fatos recentes

Bolsonaro, Russomanno e promessa de Paulo Guedes deveriam levar a oposição a pensar na vida – 26/09/2020 – Elio Gaspari

A popularidade do capitão, o surgimento de Celso Russomanno nas pesquisas paulistanas e a promessa de Paulo Guedes de solevantar a isenção do Imposto de Renda da Pessoa Física, beneficiando 15 milhões de pessoas, deveriam levar a oposição a pensar na vida.

O que mais se ouve é que esse mar de rosas acabará quando o auxílio emergencial for suspenso. Pode ser.

Não custa repetir uma prelecção do rabi Marco Maciel, quando um marqueteiro lhe disse que segundo as pesquisas o candidato opositor estava em queda e o dele, em subida: “Ainda assim, o senhor acha que a intersecção dessas duas retas ocorrerá antes ou depois da eleição?”.

Sede ao pote

As guildas dos procuradores precisam controlar a sede da corporação.

Numa sarau catarinense os doutores conseguiram uma equiparação que colocou a prêmio os mandatos do governador Carlos Moisés e de sua vice.

A Advocacia-Universal da União promoveu 606 doutores com um golpe de caneta e foi obrigada a olvidar o tema diante da grita.

Trapaça

Apareceu mais um juiz terrivelmente evangélico na fileira do guichê para a indicação do próximo ministro do Supremo Tribunal Federalista. É o juiz William Douglas dos Santos.

Numa trapaça da História, William Douglas (1898-1980) foi um desassombrado juiz da Namoro Suprema dos Estados Unidos. Comprou todas as brigas em resguardo da liberdade e ainda por cima defendia o meio envolvente numa idade em que pouco se falava disso. Certa vez, encarou uma trilha de 3.000 quilômetros.

Aguentou-se na Namoro tendo-se se metido com um possuidor de cassinos. Pediu para transpor quando, depois de um acidente vascular, estava trocando as bolas.

Nascente

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *